No comments

Gavião-carijó é reabilitado e solto

03/03/2017

Um gavião-carijó (Rupornis magnirostris) em reabilitação no Centro Operacional da Aiuká (COP SP) desde o último dia 27 foi solto na manhã de hoje (3), no Parque Estadual Serra do Mar. A ave foi resgatada pelo Grupamento Ambiental da Guarda Civil Municipal de Praia Grande depois de ter se chocado com o portão de uma casa.
Embora estivesse atordoada em função da colisão, a ave não sofreu fraturas e estava em boas condições clínicas. Depois dos primeiros socorros, foi acomodada em recinto próprio, estabilizada e alimentada.
O gavião-carijó é uma ave de rapina que ocorre em todo o Brasil e tem um papel fundamental no equilíbrio sistêmico da fauna ao atuar como regulador, predando roedores e aves pequenas – caso de ratos e pombos nos centros urbanos. Nas últimas décadas, essa ave passou a integrar o cenário das cidades, já que, nesses ambientes, a oferta de presas é maior e a presença de predadores naturais, menor.
A reabilitação do carijó faz parte das ações de responsabilidade socioambiental da Aiuká, que trata e reabilita os animais para, depois, devolvê-los ao seu ambiente. Esse trabalho é desenvolvido por uma equipe de médicos veterinários e técnicos qualificados, que se empenha em oferecer aos animais tratamentos adequados e referendados pela comunidade acadêmica nacional e internacional.

DSC_5822 (968 x 648)

Biometria da ave