Acionamento da Equinor

Plataforma
Um incidente no campo de Peregrino resultou no acionamento da Aiuká pela Equinor neste mês. A empresa ativou o Plano de Emergência Individual (PEI) e a resposta foi iniciada com duas embarcações para dispersar mecanicamente o contaminante e orientadas a notificar o avistamento de fauna durante a operação, caso ocorresse.

Já a primeira resposta da Aiuká incluiu a informação da disponibilidade de forma remota da equipe e também qual o tempo necessário para a mobilização da equipe e dos recursos na eventualidade de ampliação da ação. “Também enviamos um informativo para as aeronaves e embarcações envolvidas para orientar as ações, caso avistassem algum animal no local do incidente”, explica Paulo Valobra, coordenador de Operações.

No dia seguinte ao acionamento, a Equinor comunicou que as ações relacionadas ao incidente tinham sido encerradas.