Pacientes do mês de abril

Coruja-do-mato
Em abril, três aves que estavam em reabilitação no COP SP voltaram ao seu habitat. O COP RJ não teve solturas neste mês.Ganha destaque o caso da coruja-do-mato (Megascops choliba) que estava em recuperação desde dezembro de 2019. Ela foi solta no dia 19. A ave foi encaminhada pela GCM de Praia Grande e o histórico clínico indicou colisão. Durante o exame, não foi constatada fratura, embora ela apresentasse escoriações na região dorsal e dificuldade de manter-se em estação. Depois de receber os cuidados necessários, teve melhora significativa em poucos dias. Mas, durante o processo de reabilitação, danificou algumas penas das asas e, assim, foi necessário aguardar o crescimento de novos canhões para, em seguida, o implante de penas ser realizado a fim de acelerar o processo de liberação.