Projeto de afugentamento de aves em plataformas marítimas

Foto: Dmurilo Pratezi / Acervo Aiuká
Foto: Dmurilo Pratezi / Acervo Aiuká

Murilo Pratezi ficou embarcado entre os dias 30 de janeiro e 4 de fevereiro no FPSO Espírito Santosda Shell, para concluir a primeira fase de teste de medidas de afugentamento e atração de atobás-grandes (Sula dactylatra) que pernoitam no turret da unidade marítima. As réplicas de atobás utilizadas para atrair as aves foram desinstaladas, enquanto o bird wire foi mantido. Esse equipamento consiste, basicamente, em um cabo tensionado, que cria uma área de instabilidade no momento do pouso e, assim, a ave torna a levantar voo. Esse projeto de afugentamento terá novos testes no próximo mês.