Emergência no FPSO Cidade do Rio de Janeiro

Foto: Divulgação / Aiuká
Foto: Divulgação / Aiuká

O dia 10/10/2019 registrou um mês de atendimento à emergência da trinca no casco do FPSO Rio de Janeiro, na Bacia de Campos. José Carlos Neto, Renato Yoshimine e Juan Filó, além da bióloga Clara D’Ávila, atuando como como consultora, estão na embarcação HOS Brass Ring, uma das quatro que estão monitorando a fauna marinha que ocorre na área do FPSO. À equipe da Aiuká, cabe o monitoramento embarcado da fauna que ocorre na área, trabalho que é revezado entre os quatro profissionais presentes. A primeira semana de atividades registrou o avistamento de 117 golfinhos-rotadores, dentre os 190 registros feitos e relacionados a outras espécies, entre elas aves e tartarugas.

Palestra em congresso de Medicina Veterinária

Foto: Divulgação / Aiuká
Foto: Divulgação / Aiuká

Rodolfo Silva fez palestra sobre o tema “Reabilitação de animais impactados em acidentes com petróleo” no 4º Congresso Regional de Medicina Veterinária e 3º Mostra Científica, realizado entre os dias 1 e 3 na Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc Xanxerê). Rodolfo ministrou a palestra no dia 2 de outubro.

Responsabilidade Socioambiental

Em setembro de 2019, ocorreram sete solturas.  A equipe do COP SP foi responsável por três delas: de uma coruja-buraqueira (Athene cunicularia), de um carcará (Caracara planctus) e de um veado-catingueiro (Mazama gouazoubira).

Já o COP RJ liberou um frango-d’água-azul (Porphyrio martinicus), uma garça-branca-grande (Ardea alba), uma coruja-buraqueira (Athene cunicularia) e um bem-te-vi (Pitangus sulphuratus).

Treinamentos e palestras

palestras
Entre os dias 17 e 20 de setembro, Rodolfo Silva e Jéssica Domato estiveram na Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), em Belém, para ministrar um treinamento. O evento foi uma iniciativa da BP e abordou “Introdução à reabilitação de fauna oleada” e “Manejo de fauna em cativeiros”, entre outros. O público presente foi formado por residentes, professores e veterinários da UFRA, representantes do IBAMA e da BP. Já Carolina Galvão esteve na Shell conduzindo o treinamento “TER” para quatro técnicos.
Além de participar do evento na UFRA, Jéssica Domato também fez palestra no Simpósio de Medicina Veterinária de Desastres, promovido no Expo Norte, em São Paulo. O tema foi “A Medicina Veterinária de desastres na prática”.

Clean Up Day 2019

cleanup_day_2019
No dia 19 de setembro, a Aiuká e o Instituto Mar promoveram limpeza de praia em ação alusiva ao Clean Up Day 2019. A limpeza ocorreu na faixa de areia da praia da Guilhermina, em Praia Grande, e incentivou a reflexão sobre o impacto do lixo no meio ambiente. Essa ação fez parte da programação mundial do Clean Up Day, que integrou ainda diversas atividades em diferentes pontos do Brasil e também de outros países. Em duas horas de ação, 67kg de resíduos sólidos foram recolhidos do quilômetro percorrido pelo grupo, formado ainda por representantes de instituições parceiras (Prefeitura Municipal de Praia Grande, Aquário de São Paulo e Instituto Biopesca). Nesse montante, estavam: 8kg de embalagens de alimento; 5kg de tampinhas de garrafa; 3,8kg de descartáveis; 8kg de garrafas PET; 1,7kg de canudos e 1,2 kg de bitucas de cigarro.

Participação em evento do Dia da Árvore

dia_da_arvoreNo dia 19 de setembro, a Aiuká esteve presente no evento realizado pela Prefeitura Municipal de Praia Grande em comemoração ao Dia da Árvore, quando também ocorreu a entrega de prêmios da 19. Essa iniciativa foi realizada pela Secretaria de Educação nas 77 escolas do município com o objetivo de sensibilizar a comunidade escolar para a importância da conservação do meio ambiente. Murilo Pratezi representou a Aiuká e conversou com os participantes sobre as atividades da organização, entre outras informações.

Paciente: o veado-catingueiro

veado-catingueiro
O veado-catingueiro (Mazama gouazoubira) foi levado ao COP SP pela Polícia Militar Ambiental do Guarujá, que foi acionada para resgatá-lo em uma casa situada na Vila Zilda. Tratava-se de uma fêmea subadulta, com escoriações na cabeça, na barriga e no dorso. Além disso, estava molhada e com a temperatura baixa. No COP, recebeu os cuidados necessários e, depois de seca, ficou em um dos recintos. Ficou dois dias em observação e, antes de ser solta, foi microchipada.

Renovação de parceria com a Prefeitura de Praia Grande

renocacao_prefeitura_pgA Aiuká e a Prefeitura de Praia Grande renovaram o termo de cooperação por mais dois anos. O principal objetivo é a reunião de esforços das duas entidades para a consolidação dos procedimentos e práticas para aperfeiçoamento das formas de manejo de animais da fauna silvestre.  Entre as ações previstas, estão a promoção de encontros para apresentar informações sobre o manejo de animais da fauna silvestre, por parte da Prefeitura, e a oferta de vagas em treinamentos e capacitações para membros dos Grupamentos Ambientais e Costeiro da Guarda Civil Municipal.